O ISOLAMENTO SOCIAL INTERFERE NO SONO?

As consequências de uma noite mal dormida aparecem no dia seguinte, com efeitos desagradáveis como o mau humor, dificuldade de concentração e em casos mais intensos podem levar a quadros preocupantes, como a depressão. Driblar os anseios e criar uma rotina de sono saudável é fundamental para manter a nossa saúde física e mental equilibrada.  “Não podemos perder as portas do sono, temos que entender nosso corpo para dormir bem, cada organismo responde de uma forma, então você precisa criar uma rotina sua, talvez uma troca do lençol da sua cama pode fazer com que você durma bem”, explica o farmacêutico homeopata, Jamar Tejada. Confira algumas dicas do especialista que podem ajudar a evitar a insônia, clique aqui!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Autocuidado ganha grande espaço na rotina dos apaixonados por beleza

Novos hábitos

Os pensamentos negativos e a irritabilidade são dois fatores extremamente prejudiciais para a qualidade do nosso sono, algo que também foi bastante afetado com a pandemia. Mas dá para aplicar passos na rotina que vão melhorar a qualidade do período de descanso? Segundo o farmacêutico homeopata Jamar Tejada a resposta é positiva. “Durante o dia, separe um tempo para praticar exercícios, ajudando a aliviar as tensões e o estresse. Também é importante aprender a lidar com os pensamentos negativos. Eles são persistentes, por isso, foque sua atenção nas coisas que estão acontecendo agora, não nas que podem acontecer. Antes de dormir, você pode fazer o uso de infusões e óleos aromáticos, em difusores, para ajudar a desacelerar e acalmar o organismo”, diz o especialista.

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[VOCÊ BONITA] Como se cuidar de maneira natural no tempo seco

Dr. Jamar dar dicas de como se cuidar durante o clima seco, e de maneira natural!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[RG] Mitos e Verdades sobre a barba durante a quarentena

Segundo o farmacêutico homeopata, Jamar Tejada, um rosto liso e sem barba pode ser mais uma iniciativa para manter a higiene e evitar a proliferação do vírus. “Não há nenhum estudo que comprove que a barba possa ser transmissora do (novo) coronavírus, mas manter a barba aparada pode ser um incentivo a mais para uma higienização constante. Os cuidados devem ser os mesmos para alguém que vai lavar o rosto e que não possui barba”, aponta o especialista.

A barba ajuda na contaminação do vírus?
Mito.

A barba nem protege e nem facilita o contágio do vírus, não há a necessidade de remoção total. No entanto, você precisa ter uma higienização adequada. Mantenha o rosto e as mãos sempre limpos e evite o toque na região dos olhos, boca e nariz. O cuidado deve ser maior para os profissionais de saúde, que precisam usar máscara, pois a barba pode prejudicar a vedação.

Veja matéria na íntegra!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[MINHA VIDA] 5 dicas para armazenar seus remédios de forma segura

Não é de hoje que muitas pessoas têm o hábito de manter um estoque de medicamentos em casa. Seja quem precisa tomar remédios de forma periódica ou quem apenas tenha uma precaução para os casos de dor de cabeça e cólica, o hábito de conservar uma “mini farmácia” caseira é algo que vem de gerações e acontece em toda parte.

1- Mantenha a embalagem original

O farmacêutico homeopata Jamar Tejada explica que guardar os medicamentos em sua embalagem original mantém a integridade e ajuda a conservá-los. “A embalagem foi projetada para evitar grandes variações de temperatura, umidade, exposição à luz, poeira e microrganismos que contaminam os mesmos. Além disso, nelas, você pode identificar o nome correto, o lote, a validade do produto e ler a bula”, explica o especialista.

2- Escolha locais frescos e arejados

Guardar um medicamento na cozinha ou no banheiro pode não ser uma boa ideia. 

3- Evite estojos de armazenamento

Muitas pessoas guardam os medicamentos em estojos ou caixinhas que separam os comprimidos que devem ser tomados durante a semana.

4- Cuidados durante viagens

Durante as férias ou viagens a trabalho, o modo de se guardar medicações também deve ter a atenção e cuidados necessários. “O mais indicado é utilizar embalagens térmicas, pois pode ser necessário o uso de algum resfriamento no medicamento, caso houver muita variação de temperatura entre meio externo e interno”, explica Jamar.

5- Cuidado com as crianças

Além dos cuidados para a preservação dos medicamentos, também é preciso se atentar com a segurança das crianças na hora de guardar os remédios.

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[BAZAAR] Reforce seu sistema imunológico naturalmente

Confira essas dicas do farmacêutico homeopata Jamar Tejada.

Hidrate-se: É de extrema importância manter uma hidratação diária no corpo, beber muita água e incluir em sua dieta frutas ricas em água, como abacaxi, laranja, bergamota e melancia

Alimentos e suplementação que turbinam as defesas do corpo: Aposte nos alimentos antioxidantes, anti-inflamatórios e fermentados como o kefir ou os próprios probióticos, que reforçam a saúde intestinal e melhoram o sistema de defesa do corpo. Capriche também em alimentos ricos em zinco, betaína, B6, B12, selênio, ácido fólico, ácido alfa lipóico, vitamina A, C, E e magnésio (como folhosos verdes escuros).

Também é importante o uso de brasseas (brócolis, couve flor), que contém entre seus componentes um substância chamada indol-3 carbinol, que junto com curcumina (açafrão), vitamina D, própolis e licorice (alcaçuz ) dão aquele “up” contra o processo da multiplicação viral.

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp