[BONS FLUÍDOS] A busca eterna pelo equilíbrio! Entenda o poder da homeostase para o envelhecimento saudável do organismo

Quando se fala em homeostase, a própria palavra parece já trazer equilíbrio! Mais do que uma simples palavra, homeostase é um conceito, criado no século passado pelo fisiologista norte-americano Walter B. Cannon comumente usado na área da saúde. Mas você sabe o que é e sabe se está em homeostase? 

Homeostase ou homeostasia (palavra que deriva do grego homeo = “similar ou igual” e stasis = estático) pode ser definida como uma condição ideal e na qual um organismo deve permanecer para realizar suas funções de maneira adequadas, manter-se em equilíbrio e saudável. Desta forma, fatores que comprometam a homeostase do organismo podem contribuir para o desenvolvimento de diversas doenças e acelerar o processo de envelhecimento celular.

CONFIRA MATÉRIA NA ÍNTEGRA

[TERRA] 5 maneiras de se livrar da gripe sem precisar de remédios

O frio chegou e, com ele, o aumento nos casos de gripe e resfriado. E apesar de ser ume doença comum, a gripe pode derrubar você e te atrapalhar por um longo tempo. No entanto, algumas receitas naturais são tiro e queda contra os sintomas.

O farmacêutico homeopata Jamar Tejada (Tejard) conta o que ajuda a aliviar dores no corpo, febre, expectorar e acalmar a tosse e ainda garantir a imunidade nas alturas. “Existem formas naturais de limpar as passagens nasais com opções naturais, que tratam os sintomas através de plantas, extratos e chás que ajudam o corpo a combater os sintomas bem rápido”, diz.

CONFIRA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA

[Bons Fluídos] Cefaleia x enxaqueca: práticas do dia-a-dia podem ajudar a controlar crises

Você sofre com cefaleia ou enxaqueca? Sabe a diferença entre cada uma delas?

A cefaleia é o termo técnico para dor de cabeça. Já a enxaqueca, que também é chamada de migrânea, é um dos tipos de cefaleia, mas não o único, porque existem outros 150!

Há criaturas que sofrem dores bem mais intensas, que chegam a ter náusea, vertigem, desiquilíbrio, ficam intolerantes a qualquer barulho ou até mesmo luz. Como a enxaqueca tem um tempo de duração definido, entre quatro horas a três dias, geralmente o tratamento se resume a controlar os sintomas.

Leia a matéria na íntegra