[BONS FLUÍDOS] Malhação e memória: a prática de exercícios físicos pode melhorar, e muito, seu desempenho intelectual

Eu nunca fui apaixonado por exercícios físicos, mas há alguns anos eles começaram a fazer parte da minha rotina, a ponto de que no dia que não me exercito parece que estou fazendo algo errado, que está faltando alguma coisa. Mais do que meu corpo, minha cabeça pede!

Você já percebeu que quando se exercita você começa a desenvolver muito mais sua atenção e raciocínio? Não se trata de achismo, são evidências científicas que demonstram que a prática regular de exercícios físicos também está associada a uma melhora da função cerebral e em efeitos benéficos sobre a cognição, além de atenuar a queda da cognição associada ao envelhecimento e contribuir para a prevenção de doenças neurodegenerativas. (….)

(mais…)

[BONS FLUÍDOS] Vegetariano, vegano, veggie! Quais as diferenças, os benefícios e malefícios destes estilos de vida

Como gaúcho nascido e criado no campo, onde ainda muito pequeno meus pais me davam um pedaço de carne para ficar sugando o “caldinho”, não preciso nem dizer o quanto é difícil afastar o vampirinho “sanguinolento” que habita esse corpo!

Acho o máximo ouvir as criaturas se exibindo que são vegetarianas ou veganas, elas estão anos luz à frente na escala evolutiva. Infelizmente ainda tenho um longo caminho a percorrer, mas estou tentando, hoje mesmo só comi peixe branco e vocês não imaginam como é difícil para mim, me livrar do vício da carne vermelha. (..)

(mais…)

[YAHOO] Chás: 8 erros que você pode estar cometendo ao consumir

Tomar um chá pode ser reconfortante e ainda ajudar a resolver alguns mal-estares. Mas será que você está preparando o seu do jeito certo? Confira a seguir 8 erros que você pode estar cometendo de acordo com o farmacêutico Jamar Tejada.

1. Armazenar em saco plástico

Esqueça os sacos plásticos – e outros tipos de embalagem transparente – na hora de armazenar as ervas para chá. A incidência de luz pode causar oxidação dos princípios ativos contidos no chá, alterando a qualidade e o sabor. Guardar em latas – pelo risco de oxidação – ou potes de madeira – pela interferência no sabor – também não são indicados. (…)

(mais…)

[BONS FLUÍDOS] Sinusite: um guia de A a Z para aliviar os sintomas de forma natural e viver melhor

Poluição, ar seco, perfumes, pólen, pelos, tudo pode ser o estopim para a maldita sinusite, uma inflamação dos seios nasais que pode causar dor de cabeça, corrimento e congestão nasal, febre e uma sensação de que seu rosto está pesando uma tonelada, especialmente na testa e nas maçãs do rosto onde estão os seios nasais.

Apesar de todas as causas alérgicas que podem acabar despertando-a, a sinusite geralmente é provocada pelo vírus Influenza e, por isso, ela aparece quase sempre nas crises de gripe. No entanto, ela também pode surgir devido ao desenvolvimento de bactérias nas secreções nasais, que ficam presas no interior dos seios nasais, como acontece após alergias.

(mais…)

[TERRA] Probióticos: as bactérias que são aliadas da nossa saúde

Os probióticos são microorganismos que ajudam na digestão, absorção de nutrientes, desintoxicação, formação de hormônios e vitaminas, entre tantas outras funções, fortalecendo nosso sistema imunológico. Essas bactérias são dos mais variados tipos e atuam também contra microorganismos causadores das mais diferentes doenças (…)

(mais…)

[BONS FLUÍDOS] RAIVA: Precisamos controlar os desajustes que levam ao despertar da ira

Você até pode pensar que esse sentimento te traz força ou impõe medo aos seus inimigos, mas, na verdade, a raiva é um sentimento autodestrutivo que nasce pelos mais pesados sentimentos: mágoa, injustiça, inveja, negação, frustração, entre outros e interfere diretamente na nossa saúde e nas nossas relações negativamente. Todo sentimento que surge de forma errada, cresce de forma errada, não tem como esperar um resultado bom, daquilo que nasceu e foi alimentado de forma ruim.

Saber controlar o dedo quando o botão “explodir” está te convidando a ser apertado não é tarefa fácil. Se você vive acessando seu canal de raiva, chegará um momento em que esse botão quebrará e controlar o sentimento se tornará quase impossível. Uma coisa é você explodir porque está em uma discussão contra algo que é contra seus princípios, ou porque sofreu ou viu alguém sofrer uma injustiça, ou ainda porque foi lesado… Outra coisa é explodir porque a impressora não funciona, ou pela internet que não para de cair, pela falta de sinal no celular ou a calça jeans que não entra mais! Devemos estar atentos aos botões do nosso controle remoto interno.

Confira matéria na íntegra

[L’OFFICIEL] Especialistas dão dicas para cuidar do cabelo e barba no inverno

inverno chegou e com o clima mais frio  é importante redobrar os cuidados com o cabelo e a barba.  A baixa temperatura pode causar o ressecamento, já que o ar costuma ficar mais seco na estação. Esse ressecamento pode afetar a  pele masculina  e todo mundo sabe que uma pele ressecada traz várias consequências, entre elas a coceira e a descamação. E vamos ser sinceros, caspa no cabelo já é desagradável, na barba então, nem se fala!

“A temperatura mais baixa pode causar o ressecamento dos pelos faciais e deixá-los mais propício a sofrer com as pontas duplas e o frizz, além de agredir a pele por baixo dos fios, que também tende a ressecar e ficar mais sensível”, explica Jamar Tejada, farmacêutico naturopata. 

Além do tempo naturalmente mais seco, a baixa temperatura faz com que tomemos banhos mais quentes,  o que afeta o couro cabeludo que  perde o óleo natural, deixando os fios sem lubrificação e desprotegidos. “Com a retirada deste óleo natural, o cabelo fica com um aspecto ressecado e enfraquecido, podendo quebrar com mais facilidade e ter pontas duplas, inclusive os fios dos homens. Além disso, a caspa, que é uma forma leve de dermatite seborreica, acaba se manifestando com mais frequência no inverno em razão de banhos muito quentes e pela menor exposição das pessoas ao sol”, explica o dermatologista Amilton Macedo, que atua na área de medicina preventiva há mais de 28 anos.

“Há casos em que o organismo repõe a oleosidade, deixando o cabelo e barba com a aparência engordurada,  por isso é importante se atentar a temperatura da água na hora de lavar os fios da barba e cabelo para evitar o efeito rebote”, completa Jamar.


CONFIRA ENTREVISTA NA ÍNTEGRA