[Bons Fluídos] Você conhece a Ayurveda? Sabe qual é o seu dosha? Entenda os conceitos

Com certeza você já ouviu falar ou assistiu algum filme em que alguém praticava ayurvédica. Espero que você não acredite (como eu acreditava) que essa fosse uma forma de medicina praticada só na Índia com massagem e óleos exóticos e realizada exclusivamente por um médico indiano.

Bom, acertei que a ayurvérdica uma terapia milenar indiana. Mas, quanto a massagem, ela é apenas uma das técnicas utilizadas. A Ayurveda vai além, com nutrição, aromaterapia, fitoterapia, dentre outras técnicas utilizadas como métodos de diagnóstico, prevenção e também cura. Tudo baseado nos estudos do corpo, da alma e da mente.

VOCÊ CONHECE A AYURVEDA?

O termo Ayurveda vem do sânscrito, uma língua ancestral do Nepal e Índia, que significa “Ciência da Vida”. A Medicina Ayurvédica procura o equilíbrio entre o corpo, a mente, o espírito, em que a saúde reflete um estado de bem-estar físico e mental de quem busca a estabilidade consigo mesmo e integrado aos ritmos da natureza e do Universo.

A Ayurveda tem dois objetivos: preservar e promover a saúde de indivíduos saudáveis e curar e aliviar distúrbios e sintomas de indivíduos doentes. Para isso, essa medicina segue três principais tratados, também chamados de Brihat Trayi, ou grande trio, que são sua base e compreendem os livros Charaka Samhita (compêndio de medicina interna e clínica médica), o Sushruta Samhita (compêndio de cirurgia ayurvédica) e o Astanga Hridaya (união dos conhecimentos dos livros Charaka e Sushuruta Samhita).

QUAL É E O QUE É DOSHA?

O conceito da Ayurverda baseia-se em: tudo o que existe é formado por cinco elementos: fogo (Teja), terra (Prithvi), água (Jala), ar (Vayu) e espaço (Akash), sendo a forma como estes elementos se manifestam no nosso corpo denominada de “dosha”.

O dosha é o principal conceito ayurvédico que representa as características físicas e psicológicas associadas às energias que coexistem em cada indivíduo, bem como refletem forças energéticas fundamentais a todas as funções fisiológicas do organismo humano. Cada dosha é formado por uma combinação de dois elementos, sendo o nosso corpo composto por três doshas:

Vata

Composto pelos elementos ar e espaço. Está associado ao movimento e a comunicação, responsável pela manutenção do transporte celular, equilíbrio eletrolítico e eliminação de subprodutos de metabolização e substâncias tóxicas.

As pessoas que possuem os biotipo Vata são geralmente entusiasmadas, com vivacidade e criativas. Com pele, cabelos e mucosas geralmente frios e secos, seus corpos são magros, esguios, tendem a perder peso com rapidez. Seu metabolismo, assim como suas emoções e pensamentos, são instáveis.

Por outro lado, são pessoas dispersas, com alta capacidade de aprender, porém, se esquecem rapidamente, tendo a mente ocupada por outro interesse e podendo muitas vezes aprender sobre muitas coisas, mas sem aprofundamento.

Apresentam comportamento agitado e interessado. Gostam de calor e de objetos e ambientes que esquentam por serem pessoas que sentem muito frio. Sexualmente algumas vezes apresentam interesse e libido, outras não.

– Sintomas de desequilíbrio: intestino preso, gases, perda de peso excessiva, agitação, insônia, ansiedade e fraqueza.
– Coma mais: alimentos oleosos e pesados, como sopas encorpadas e cremes.
– Consuma menos: alimentos crus e preparações geladas.
– Sabores ideais: amargo, adstringente e picante.

Pitta

Formado por fogo e água, que representa a energia da transformação, é responsável pela regulação da temperatura corporal, coordenação do nervo óptico e manejo do apetite e da sede.

As pessoas com o biotipo Pitta tendem a ser musculosas, com distribuição por igual de massa pelo corpo, mantém o peso com facilidade, tendem a aprender aquilo que se interessam e gostam de desafios físicos e mentais.

São pessoas que podem ser combativas e explosivas por conta de sua composição de Fogo e impacientes quando as coisas não estão saindo como elas desejam. Podem apresentar comportamento impulsivo, baseado em fortes emoções.

Também possuem pensamentos ardentes que podem ser notados através do brilho de seus olhos. No campo sexual, gostam do jogo de conquista e apreciam relacionamentos instigantes.

– Sintomas de desequilíbrio: gastrite, ardência na pele ou excesso de sede.
– Coma mais: frutas e folhas verdes.
– Consuma menos: alimentos condimentados e apimentados, além de alho e cebola.
– Sabores ideais: doce e amargo.

Kapha

Representa união, sendo a base estruturante de qualquer organismo. Formado pela combinação entre água e terra, está relacionado com a lubrificação e o funcionamento das articulações.

Pessoas que tem esse biotipo costumam ter o corpo farto, algumas vezes truculento, podendo haver algum acúmulo de gordura na cintura. São pessoas fortes, que gostam de conforto, calma e bons momentos de estabilidade.

Estão relacionadas às rotinas, solidez de relacionamentos e bom humor. São pessoas sociáveis, que gostam de apreciar a boa companhia e tomar decisões seguras. Com relação aos estudos, demoram para aprender, porém, tem excelente memória.

No campo afetivo, são pessoas protetoras. Possuem tendência a cuidar e manter a vida saudável. Gostam de prazer sensorial e estão constantemente com desejo sexual.

Assim, todos nós temos uma combinação única dessas três forças, sendo que a maioria possui uma quantidade maior de uma ou duas delas, definindo um conjunto de características físicas, mentais e emocionais. Conhecendo o dosha de uma pessoa, é possível que tenha uma vida mais saudável e equilibrada, cuidando das energias vitais encontradas em sua mente e em seu corpo.

Com esse conhecimento, é possível compreender qual a composição principal do indivíduo (Prakruti) e qual seu estado atual de desequilíbrio (Vikruti). Conforme a Ayurveda, toda doença física ou mental está relacionada com o desequilíbrio das energias vitais no organismo. Assim, quanto mais próximo estiver de sua composição original, mais saudável estará.

– Sintomas de desequilíbrio: má digestão, cansaço excessivo e sobrepeso.
– Coma mais: verduras, legumes e outros alimentos com bastante fibra.
– Consuma menos: alimentos muito salgados ou muito doces e massas.
– Sabores ideais: doce (vindo dos legumes), levemente salgado, ácido.

PARA QUEM É INDICADA?

A medicina Ayurverda é uma boa forma de complementar o tratamento de muitas condições de saúde, pois seus principais efeitos ao corpo são nutrição e hidratação da pele, aumento da resistência do sistema imunitário, aumento da força e relaxamento muscular, melhora da circulação sanguínea e linfática. E, como corrige os desequilíbrios energéticos, alivia e previne doenças como pressão alta, diabetes, dor crônica, alergia, ansiedade e depressão, por exemplo.

COMO É FEITA A HARMONIZAÇÃO DOS DOSHAS NA MEDICINA AYUVÉRDICA?

A medicina Ayurveda faz parte do grupo de terapias bioenergéticas que utiliza técnicas como respiração, técnicas corporais, autoconhecimento, alimentação e cura através das plantas e objetos da natureza, como pedras, para renovar a energia vital da pessoa.

Como forma de harmonizar os Doshas (Vata, Pitta e Kapha) as principais terapias são:

Massagens: são manobras corporais feitas com uso de óleos essenciais e pedras vulcânicas escolhidas de acordo com a necessidade de cada pessoa, buscando bem-estar, relaxamento, flexibilidade e circulação sanguínea.

Alimentação: é baseada em uma dieta que busque harmonizar o corpo, com alimentos frescos e de fácil digestão, sendo orientado a comer sem pressa, com concentração e alimentos apropriados para cada um.

Fitoterapia: amplamente utilizada na forma de chás, xaropes e cápsulas. O uso de ervas, raízes, flores e folhas que possuem propriedades bioativas podem tanto auxiliar na cura de doenças, como preservar o estado saudável de um indivíduo. Conforme a Ayurveda, cada planta medicinal possui quatro importantes propriedades: o sabor (rasa), o efeito pós-digestivo (vipaka), a energia (virya) e a potência especial, ou prabhava, que ocorre quando duas espécies vegetais possuem rasa, vipaka e virya similares, porém diferem em ação terapêutica. A prescrição da fitoterapia na Medicina Ayurveda considera essas quatro propriedades, e são geralmente utilizadas na forma de fitocomplexos, compreendendo de três a dez ou mais plantas em um mesmo tratamento de modo a obter efeitos sinérgicos e complementares – onde o tofo é maior que a soma das partes.

A prática inclui ainda a realização de atividade física, meditação, ioga e uso terapêutico de pedras e minerais. Considerando que o tratamento envolve sempre o lado físico e o emocional.

POSSO COMBINAR A MEDICINA TRADICIONAL COM A AYURVEDA?

Sim, é possível fazer a combinação da medicina tradicional (alopatia) com a ayurveda. Esta abordagem integrativa melhora a qualidade de vida do paciente, desde que orientado por médico especialista na área e conheça bem fitoterapia, o pilar do tratamento ayuvérdico.

Espero que tenha te ajudado. Nunca é tarde para buscar novos caminhos e um novo olhar sobre sua saúde, ainda mais quando esse caminho tem formação milenar!


Todas as quartas-feiras temos conteúdos exclusivos sobre métodos naturais para cuidarmos da saúde e do corpo… Daquele jeito que nós amamos!

Instagram: @Tejard