Clorela: alimento dos astronautas da Nasa para sua casa

As pessoas sempre me questionam quais são meus produtos preferidos quando o assunto é anti-envelhecimento, aqueles aos quais não vivo sem, não sou desses que faz segredo com a fórmula da juventude, obviamente não existe uma única fórmula, acredito que a melhor seja a aplicação daquela frase tão piegas: “viver sempre feliz!”, mas como viver feliz não está fácil para ninguém temos que “nos puxar” com alguns artifícios farmacêuticos, nutracêuticos e o que mais puder ajudar. É claro que a ajuda divina está valendo, mas como farmacêutico bonzinho que sou vou dar uma grande dica que roubei da NASA, um suplemento nutricional utilizado pelos astronautas nas viagens espaciais desde que as mesmas se iniciaram, uma alga verde de água doce chamada CLORELA (Chlorella pyrenoidosa ou regularis).

IMG_32061-1024x682

Com preço relativamente baixo e por apresentar um importante concentrado natural de nutrientes, sendo uma fonte rica de elementos primários, é considerada um alimento completo, rica em clorofila, previnindo e combatendo a anemia ferropriva, com propriedades desintoxicantes, auxiliando na desintoxicação do organismo afetado por metais pesados, como o mercúrio e outras substâncias como pesticidas, sendo então indicada na prevenção e no combate do envelhecimento precoce e como estimulante das defesas do sistema imune.

A palavra Chlorella provém do prefixo grego “chloros” que significa “verde”; e do sufixo latino “ella”, que significa pequeno” e foi identificada pelos japoneses, grandes consumidores de algas. Os primeiros estudos, realizados por alemães e norte-americanos a respeito da clorela, ocorreram durante a II Guerra Mundial com o objetivo de encontrar-se uma alternativa de complementação alimentar para os campos de batalha. Atualmente, a China e o Japão são considerados os maiores produtores dessa alga que desenvolve-se espontaneamente em tanques e lagos e apresenta elevado valor nutritivo e grande capacidade de realizar fotossíntese.

Farmaceuticamente é interessante saber que a clorela contêm:
• 60% de proteínas, ou seja possui mais proteínas do que a soja (37%), a carne de vaca (45%) e o trigo(10%);
• Oito aminoácidos essenciais e todos os não-essenciais (apresenta apenas uma pequena redução na quantidade de metionina).
• Rica fonte de beta-caroteno, 10 vezes mais do que a cenoura.
• Vitaminas C, E; K; B1, B2, B6 e B12, aos que detestam bife de fígado saibam que a clorela contém mais vitamina B12 do que ele.;
• Niacina, um dos componentes da vitamina B3;
• Ácido pantotênico, um dos componentes do complexo B; que quando em falta faz com que ocorra uma menor resposta funcional das glândulas supra-renais em situações de estresse.
• Ácido fólico, que quando em falta faz com que as células vermelhas sejam má formadas, resultando em anemias.
• Biotina ,que é uma parte do complexo B; sua deficiência gera cansaço, eczemas, palidez, dores musculares e atrofia das papilas da língua.
• Colina, que participa no metabolismo dos lipídios e na transmissão dos impulsos nervosos; sua deficiência pode acarretar degeneração gordurosa do fígado, retardo do crescimento, involução da glândula timo e diminuição da secreção láctea.
• Inositol, também do grupo do complexo B; participa do metabolismo das gorduras; acredita-se ser capaz de reduzir a congestão do fígado e de protegê-lo..
• Ácido para-aminobenzóico ou PABA, um importante precursor do ácido fólico.
• Outras vitaminas em pequenas quantidades.
• Sais minerais e outros componentes: cálcio; magnésio; zinco; cobre; manganês; ferro; enxofre; iodo; fósforo; potássio; cobalto; selênio e também enzimas (dentre as quais, importantes enzimas digestivas); fibras; ácidos graxos poliinsaturados e ácido lipóico.

20 motivos para incluir CLORELA em sua alimentação.
• Fortalecer o organismo.
• Nos quadros de anemia e carência alimentar.
• Antiviral
• Antitumoral.
• Contra azia e gastrite.
• Fraqueza, debilidade física e mental.
• Estimulante do sistema imune.
• Combate a acidez sangüínea.
• Oferece elementos que auxiliam na reparação tecidual, na integridade, no crescimento e desenvolvimento celular.
• Anti-estresse.
• Na convalescença e senilidade.
• Bacteriostática e antiinflamatória.
• Beneficia a digestão e o funcionamento intestinal.
• Combate o envelhecimento precoce.
• Na desintoxicação do organismo e em beneficio do sistema digestivo, devido à alta concentração de clorofila,
• Desnutrição.
• Perda de memória.
• Por promover sensação de saciedade auxilia contra a obesidade (devendo ser consumida 30 minutos antes das refeições)
• Doenças cardiovasculares e degenerativas.
• Nos quadros elevados de colesterol e triglicerídeos.

Seu uso terapêutico é também recomendado para bebês, crianças, grávidas, idosos e adolescentes e seu consumo deve ser muito criterioso, pois há, infelizmente, falsificação desse produto, converse com seu farmacêutico ou nutricionista de confiança sobre a melhor qualidade e procedência, além disso esses profissionais são importantes pois uma dosagem elevada pode causar ligeira diarréia, urticária e erupções na pele, devendo-se então combater a automedicação.

Na Anjo da Guarda (www.anjodaguardaph.com.br) – Farmácia de Manipulação e Homeopatia – 90 cápsulas de 500mg clorella custam R$68,00

Confira a matéria na íntegra: http://www.tatianadumenti.com.br/suplemento-alimentar-da-nasa-para-nossa-casa/

One Response to Clorela: alimento dos astronautas da Nasa para sua casa