Excessos de Carnaval: aprenda a fazer um detox pré e pós folia

O Carnaval é um momento da diversão, mas devemos ficar atentos com a saúde em meio à folia. O fígado, por exemplo, é o órgão que mais merece cuidados antes e depois da festa. Por isso, é importante saber como fazer um detox nessa época.

O farmacêutico Jamar Tejada explica que o fígado é o responsável pela “faxina” do organismo, agindo para que tudo funcione direitinho. “É por esse motivo, inclusive, que a desintoxicação é essencial”, explica.

“Para eliminar as toxinas, melhorar o funcionamento do intestino e equilibrar o funcionamento do corpo, que vai sofrer com o consumo de bebidas alcoólicas junto com a fuga da rotina alimentar, temos que eliminar as toxinas e controlar o PH intestinal”, comenta Tejard.

O detox, segundo o especialista, pode ser feito através da alimentação e pode ser ainda mais fácil se for dividida por cores. A maneia mais simples é guiar-se pelas cores dos alimentos e, então, escolher qual o sabor que mais agrada ao paladar.

No grupo dos alimentos verdes, você pode optar por folhas como agrião, couve, alface, rúcula, hortelã e acelga ou apostar no limão. Nos amarelos, pera, ameixa, lima, cenoura, abacaxi, laranja, manga, melão, mamão ou mel podem ser seus aliados. Já nos vermelhos, você pode compor seu prato com rabanete, maçã, acerola, uva, beterraba, tomate ou morango.

O ideal é escolher pelo menos um item de cada cor, não importa o modo como irá consumi-lo. Vale transformar tudo em um suco (que pode ser misturado com água ou água de coco e até adoçado com açúcar de coco), ou comer uma grande salada.

No caso de um suco detox bem encorpado, Jamar acrescenta que é importante não coar o bagaço. Dessa forma, não se perde nenhum nutriente que pode ser essencial para aguentar, sem prejuízos para a saúde, os quatro dias de folia.

Fonte: Revista Claudia