[IG SAÚDE] Contaminação por coronavírus e delivery: como se proteger ao receber seu pedido.

Devido a pandemia do novo coronavírus, muitas pessoas foram obrigadas ao ficar em suas casa, saindo apenas em casos extremamente necessários, para evitar se contaminar com a doença. Com isso, utilizar serviços de delivery virou opção para matar a fome ou comprar alguma coisa. 

Entretanto, até quem está em casa e é adepto do delivery  precisa de cuidados. Há o risco de levar o novo coronavírus para casa em uma embalagem contaminada, por exemplo. 

Não se sabe ao certo quanto tempo o vírus pode sobreviver em superfícies variadas, mas alguns estudos preliminares indicam que ele se comporta como outros vírus de sua família, que resistem por horas e até dias em locais diversos, dependendo do clima e do material da superfície.

O primeiro passo é usar a tecnologia e fazer o pagamento já pelo aplicativo. ”Para evitar o contato, tente fazer o pagamento online, para não have troca de dinheiro ou pagamento em cartão na hora”, recomenda o farmacêutico Jamar Tejada.

Mesmo utilizando luvas ao receber seu pedido, é preciso seguir outros cuidados. ”Para colocar ou retirar as luvas, é possível que você entre em contato com uma superfície infectada pelo novo coronavírus”, explica o farmacêutico, que completa: ”Independente de usar luvas ou não, é importante que a higienização das mãos seja sempre feita”.

MATÉRIA NA ÍNTEGRA: https://saude.ig.com.br/2020-03-28/contaminacao-por-coronavirus-e-delivery-como-se-proteger-ao-receber-seu-pedido.html

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[VOCÊ BONITA] Metais pesados: os essenciais e os perigosos

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[MARIE CLAIRE] Coronavírus: Dê um ”boost” na imunidade

Com o aumento de casos de coronavírus (Covid-19), a palavra de ordem é imunidade. E junto com ela vem sempre uma receita instantânea para preparar o corpo para combater o vírus. O farmacêutico Jamar Tejada, de São Paulo, lembra que, antes de tudo, é preciso entender que ninguém fica imunizado contra a doença .

CONFIRA A ÍNTEGRA AQUI

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[MARIE CLARIE] Coronavírus: shot para ajudar a cuidar da sua imunidade

Com o aumento de casos de coronavírus (Covid-19), a palavra de ordem é imunidade. E junto com ela vem sempre uma receita instantânea para preparar o corpo para combater o vírus. O farmacêutico Jamar Tejada, de São Paulo, lembra que, antes de tudo, é preciso entender que ninguém fica imunizado contra a doença.

O que certos ingredientes fazem é melhorar o estado imunológico geral do organismo, ajudando o corpo a não replicar o vírus. “É importante ficar claro que esses coquetéis não funcionam da noite para o dia. A ação é a longo prazo, combinada a uma alimentação e hábitos de vida saudáveis”, alerta.

Confira a íntegra!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[BOA FORMA]Coronavírus: como higienizar seus objetos pessoais

Os estudos e descobertas a respeito de como o novo coronavírus sobrevive (tanto no ar como em superfícies) ainda são muito iniciais. Contudo, pesquisas preliminares já apontaram que ele consegue ficar vivo por dias em compostos como o plástico. “O COVID-19 vem de uma família de vírus que já existem. Ou seja, as informações que temos hoje sobre ele são muito baseadas no que já conhecemos dos antigos. Mesmo assim, alguns cuidados são essenciais para evitar não só a sua propagação, como também a de outras infeções e doenças”, explica o farmacêutico e homeopata Jamar Tejada, de São Paulo.

Por isso, é preciso seguir as recomendações dos principais órgãos de saúde mundiais. A primeira delas é: fique em casa e evite aglomerações. Se esse cenário ideal não for possível para você, vale redobrar a atenção. “As pessoas estão se preocupando em tirar os calçados antes de pisar dentro de casa, e isso é bom. O que elas esquecem é que precisam demarcar uma área logo na entrada para deixar tanto os pares quanto quaisquer objetos que possam estar contaminados lá”, alerta Jamar. Afinal, não adianta nada colocar os sapatos da rua de volta na sapateira, não é mesmo? 

Confira a íntegra!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[VOGUE] Suco de salsão: Prós e Contras

…. Afinal, por que o aipo foi alçado ao topo da categoria das superfoods? “A presença de limoneno, selineno, glicosídeos de furocumarina, flavonoides e vitaminas A e C torna essa planta um potente antioxidante – esses compostos fazem a coleta dos radicais livres, que causam problemas de saúde”, esclarece Jamar Tejada, farmacêutico homeopata de São Paulo. Segundo ele, o vegetal ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e hepáticas, icterícia, obstruções do trato urinário, gota e distúrbios reumáticos. “Estudos experimentais mostram ainda que o aipo tem propriedades antifúngicas e anti-inflamatórias”, acrescenta. Adepto do suco de salsão, ele dá dicas para comprar e armazenar o produto: verifique se os talos e as folhas estão bem verdes e conserve-o embrulhado no refrigerador por no máximo três a quatro dias – mais do que isso, perdem-se os nutrientes. Apesar de a maioria das pessoas se beneficiar com a bebida, o farmacêutico faz um alerta: “Alguns efeitos colaterais devem ser levados em consideração, incluindo problemas nos rins, reações alérgicas e aumento da sensibilidade ao sol”.

Confira a matéria completa aqui.

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp