[GQ] Seu cabelo está caindo? A alimentação pode ser um dos motivos

A queda capilar é um problema que atinge diversas pessoas, principalmente os homens. Ela, geralmente, está ligada a fatores hormonais, que podem ocorrer devido a herança genética ou provocadas por algum desequilíbrio, senha orgânico ou até mesmo emocional. Mas o que muitas pessoas não sabem é que uma dieta desequilibrada age diretamente sobre os fios, impedindo seu desenvolvimento, seja em questão do volume e espessura ou até na queda dos fios.

Segundo Jamar Tejada, farmacêutico naturopata e fundador da Che Figo, marca de produtos naturais e sustentáveis para os homens, uma má alimentação leva a falta de nutrientes, assim como um quadro inflamatório e desequilíbrio na flora intestinal. Tudo isso faz com que ocorra uma má absorção dos nutrientes que são necessários para o crescimento e desenvolvimento saudável dos fios. “Quanto mais alimentos processados, industrializados, refinados, mais pobre e inflamatória a dieta, logo pior será o processamento de nutrientes respondendo sobre todo o organismo e diretamente sobre os cabelos, pele e unhas. A má alimentação aliada a agentes externos como poluição e uso de produtos incorretos, ou da forma incorreta, levam a obstrução do couro cabeludo”, explica Jamar Tejada, conhecido como Tejard.

Confira a íntegra aqui!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[LIVE REVISTA MÁXIMA] Dicas de como controlar a compulsão por doces

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[QUEM] Chás da beleza: 4 infusões com ervas para tratar cabelo, pele e unha

Além de ser uma bebida deliciosa para os dias frios de inverno, o chá tem se popularizado cada vez mais entre os brasileiros pelos diversos benefícios que traz a saúde. Mas é bom lembrar que “chá” não é qualquer preparo de ervas que consumimos. O verdadeiro chá é feito com os derivados da camellia sinensis: chá verde, chá preto, chá vermelho e/ou chá branco. Para qualquer outra erva o correto a ser dito é infusão (camomila, por exemplo, é infusão de camomila – fica a dica!).

As ervas possuem poderes fascinantes e tornaram-se um aliado da beleza. “As plantas se caracterizam pelo princípio ativo que possuem, uma única planta pode ter uma infinidade de princípios ativos, que são os medicamentos encontradas na mesma, por isso, é aconselhado escolher apenas uma erva e fazer o uso apenas daquela propriedade que mais beneficia o seu organismo. Preparar uma grande mistura de ervas é como preparar um verdadeiro caldo de medicamentos, nesse caso, menos é mais”, orienta o farmacêutico homeopata Jamar Tejada.

CONFIRA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[MULHER CONECTADA] Homeopatia e TPM

TPM pode ser incapacitante quando apresenta diversos sintomas. No Brasil, estima-se que 80% das mulheres sofram com o problema. Com o objetivo de amenizar o quadro, a homeopatia, forma de terapia alternativa pseudocientífica, tem sido utilizada por alguns médicos. Conversamos com o farmacêutico homeopata, Jamar Tejada sobre o tema.

Ele explica a homeopatia valoriza a pessoa como um todo e não apenas os sintomas da doença. “Ela trata o doente e não a doença. O método tem como propósito não apenas o alívio dos sintomas da doença, mas a cura e sua resposta é rápida, sem efeitos colaterais, sem risco de causar intoxicação ou interação medicamentosa e duradoura”.

Segundo o especialista, na homeopatia é possível modular os aspectos emocionais, que não tem tratamento na medicina tradicional, mas que interferem diretamente na manifestação das doenças, como nas alergias. “Quando pensamos em tratar a TPM pelo método homeopático devemos pensar na totalidade de sintomas que estão relacionados com a taxa hormonal feminina, esses sintomas se manifestam pouco antes da menstruação e devem desaparecer com ela”.

Confira a matéria na íntegra, clicando aqui!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[Bons Fluidos] Adeus, sintomas de gripe! Receitinhas naturais aumentam a imunidade e aliviam vias nasais

O inverno começou e, com ele, a preocupação da maioria da popução com os sintomas das doenças oportunistas comuns desta época (gripe, sinusite, resfriado, entre outras) vieram junto. E, para complicar mais desta vez, ainda estamos enfrentando a pandemia do coronavírus.

Em tempos de COVID-19, um espirro ou um nariz escorrendo mais frequentemente, podem assustar, mas antes de se entregar ao medo, ou à cama, assumindo-se doente, você pode utilizar a natureza ao seu favor para se curar — ou até mesmo para se prevenir!

CONFIRA A ÍNTEGRA AQUI!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

O ISOLAMENTO SOCIAL INTERFERE NO SONO?

As consequências de uma noite mal dormida aparecem no dia seguinte, com efeitos desagradáveis como o mau humor, dificuldade de concentração e em casos mais intensos podem levar a quadros preocupantes, como a depressão. Driblar os anseios e criar uma rotina de sono saudável é fundamental para manter a nossa saúde física e mental equilibrada.  “Não podemos perder as portas do sono, temos que entender nosso corpo para dormir bem, cada organismo responde de uma forma, então você precisa criar uma rotina sua, talvez uma troca do lençol da sua cama pode fazer com que você durma bem”, explica o farmacêutico homeopata, Jamar Tejada. Confira algumas dicas do especialista que podem ajudar a evitar a insônia, clique aqui!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp