Autocuidado ganha grande espaço na rotina dos apaixonados por beleza

Novos hábitos

Os pensamentos negativos e a irritabilidade são dois fatores extremamente prejudiciais para a qualidade do nosso sono, algo que também foi bastante afetado com a pandemia. Mas dá para aplicar passos na rotina que vão melhorar a qualidade do período de descanso? Segundo o farmacêutico homeopata Jamar Tejada a resposta é positiva. “Durante o dia, separe um tempo para praticar exercícios, ajudando a aliviar as tensões e o estresse. Também é importante aprender a lidar com os pensamentos negativos. Eles são persistentes, por isso, foque sua atenção nas coisas que estão acontecendo agora, não nas que podem acontecer. Antes de dormir, você pode fazer o uso de infusões e óleos aromáticos, em difusores, para ajudar a desacelerar e acalmar o organismo”, diz o especialista.

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[VOCÊ BONITA] Como se cuidar de maneira natural no tempo seco

Dr. Jamar dar dicas de como se cuidar durante o clima seco, e de maneira natural!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[RG] Mitos e Verdades sobre a barba durante a quarentena

Segundo o farmacêutico homeopata, Jamar Tejada, um rosto liso e sem barba pode ser mais uma iniciativa para manter a higiene e evitar a proliferação do vírus. “Não há nenhum estudo que comprove que a barba possa ser transmissora do (novo) coronavírus, mas manter a barba aparada pode ser um incentivo a mais para uma higienização constante. Os cuidados devem ser os mesmos para alguém que vai lavar o rosto e que não possui barba”, aponta o especialista.

A barba ajuda na contaminação do vírus?
Mito.

A barba nem protege e nem facilita o contágio do vírus, não há a necessidade de remoção total. No entanto, você precisa ter uma higienização adequada. Mantenha o rosto e as mãos sempre limpos e evite o toque na região dos olhos, boca e nariz. O cuidado deve ser maior para os profissionais de saúde, que precisam usar máscara, pois a barba pode prejudicar a vedação.

Veja matéria na íntegra!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[MINHA VIDA] 5 dicas para armazenar seus remédios de forma segura

Não é de hoje que muitas pessoas têm o hábito de manter um estoque de medicamentos em casa. Seja quem precisa tomar remédios de forma periódica ou quem apenas tenha uma precaução para os casos de dor de cabeça e cólica, o hábito de conservar uma “mini farmácia” caseira é algo que vem de gerações e acontece em toda parte.

1- Mantenha a embalagem original

O farmacêutico homeopata Jamar Tejada explica que guardar os medicamentos em sua embalagem original mantém a integridade e ajuda a conservá-los. “A embalagem foi projetada para evitar grandes variações de temperatura, umidade, exposição à luz, poeira e microrganismos que contaminam os mesmos. Além disso, nelas, você pode identificar o nome correto, o lote, a validade do produto e ler a bula”, explica o especialista.

2- Escolha locais frescos e arejados

Guardar um medicamento na cozinha ou no banheiro pode não ser uma boa ideia. 

3- Evite estojos de armazenamento

Muitas pessoas guardam os medicamentos em estojos ou caixinhas que separam os comprimidos que devem ser tomados durante a semana.

4- Cuidados durante viagens

Durante as férias ou viagens a trabalho, o modo de se guardar medicações também deve ter a atenção e cuidados necessários. “O mais indicado é utilizar embalagens térmicas, pois pode ser necessário o uso de algum resfriamento no medicamento, caso houver muita variação de temperatura entre meio externo e interno”, explica Jamar.

5- Cuidado com as crianças

Além dos cuidados para a preservação dos medicamentos, também é preciso se atentar com a segurança das crianças na hora de guardar os remédios.

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[BAZAAR] Reforce seu sistema imunológico naturalmente

Confira essas dicas do farmacêutico homeopata Jamar Tejada.

Hidrate-se: É de extrema importância manter uma hidratação diária no corpo, beber muita água e incluir em sua dieta frutas ricas em água, como abacaxi, laranja, bergamota e melancia

Alimentos e suplementação que turbinam as defesas do corpo: Aposte nos alimentos antioxidantes, anti-inflamatórios e fermentados como o kefir ou os próprios probióticos, que reforçam a saúde intestinal e melhoram o sistema de defesa do corpo. Capriche também em alimentos ricos em zinco, betaína, B6, B12, selênio, ácido fólico, ácido alfa lipóico, vitamina A, C, E e magnésio (como folhosos verdes escuros).

Também é importante o uso de brasseas (brócolis, couve flor), que contém entre seus componentes um substância chamada indol-3 carbinol, que junto com curcumina (açafrão), vitamina D, própolis e licorice (alcaçuz ) dão aquele “up” contra o processo da multiplicação viral.

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

[IG SAÚDE] Insônia na quarentena: aprenda técnicas para dormir melhor

Tornou-se comum ouvir de familiares e amigos os problemas com o sono durante a quarentena. Talvez até você esteja tendo dificuldades para dormir nos últimos dias e não consegue explicar a causa, não é mesmo? Especialistas apontam que os maiores causadores da insônia são o estresse e a ansiedade, e nesses tempos de isolamento social, ambos estão em alta.

O farmacêutico homeopata, Jamar Tejada, explica a  insônia na quarentena. “Toda pessoa tem seu ritmo biológico e qualquer quebra neste ciclo –  seja mudança de rotina, perda de um familiar, desemprego, dívidas, desentendimentos ou qualquer atividade intensa – podem desregular o hormônio indutor do sono: a melatonina, assim como a carência nutricional, a associação de substâncias químicas, remédios e o processo de envelhecimento”, explica o especialista.

MATÉRIA NA ÍNTEGRA: ttps://delas.ig.com.br/alimentacao-e-bem-estar/2020-04-24/insonia-na-quarentena-aprenda-tecnicas-para-dormir-melhor.html

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp