[RG] Mitos e Verdades sobre a barba durante a quarentena

Segundo o farmacêutico homeopata, Jamar Tejada, um rosto liso e sem barba pode ser mais uma iniciativa para manter a higiene e evitar a proliferação do vírus. “Não há nenhum estudo que comprove que a barba possa ser transmissora do (novo) coronavírus, mas manter a barba aparada pode ser um incentivo a mais para uma higienização constante. Os cuidados devem ser os mesmos para alguém que vai lavar o rosto e que não possui barba”, aponta o especialista.

A barba ajuda na contaminação do vírus?
Mito.

A barba nem protege e nem facilita o contágio do vírus, não há a necessidade de remoção total. No entanto, você precisa ter uma higienização adequada. Mantenha o rosto e as mãos sempre limpos e evite o toque na região dos olhos, boca e nariz. O cuidado deve ser maior para os profissionais de saúde, que precisam usar máscara, pois a barba pode prejudicar a vedação.

Veja matéria na íntegra!