Escolha o melhor shampoo!

xampus-blogConfira a matéria que já escrevi há um tempinho e não havia postado, mas que vale a pena ser conferida para o site da Philco sobre shampoos.
Com tantas opções no mercado não é fácil escolher o xampu certo. Há quem escolha pelo preço, pela embalagem, pelo cheiro e uma minoria pelas especificações do produto. Entrevistamos o farmacêutico cosmetologista Jamar Tejada, que esclarece algumas dúvidas sobre o assunto.
“A principal função do xampu é limpeza e ponto final, ou pelo menos deveria ser”, afirma Tejada, que aponta o primeiro erro das pessoas, “a primeira coisa quando vão comprar um xampu é abri-lo para sentir o perfume, erro 1. Quanto mais cheiroso, mais éteres e mais conservantes são utilizados”.
Outros erros apontados pelo cosmetologista, “deixar o xampu no couro cabeludo como se fosse um hidratante é um crime contra a saúde de seu cabelo, e as opções anti-caspa podem aumentar a queda”.
Os mais perolados – ao contrário do que muita gente pensa – não hidrata mais. “O efeito perolado é formado a partir de muita química, que acaba custando caro para o seu fio”, explica Tejada. Já as opções de tratamento para caspa e seborreia, podem ter ativos de limpeza mais profundos, mas exigem cautela, “o uso diário com estes ativos acabam ressecando demais o couro cabeludo e causando um efeito rebote, ou seja, o corpo vai acabar liberando mais oleosidade para repôr a oleosidade perdida em excesso”.
Segundo o especialista, na dúvida, escolha o infantil, “esse com certeza é para todo o tipo de cabelo”. Mas lembre-se, “procure sempre um bom profissional da área, um dermatologista especializado em cabelo:tricologista, não esqueça que seu cabeleireiro não se formou em dermatologia, ele pode entender da saúde do fio, não do couro cabeludo”.
Você já conhece a linha de Cuidados Pessoais da Philco? Acesse o nosso site e confira, você vai se surpreender!
Confira a matéria na íntegra: http://www.philco.com.br/blog/?p=460

Pill food, a composição que trata seus cabelos, pele e unhas

A queda de cabelo é um dos problemas que mais assombra homens e mulheres de todas as idades, as pessoas podem estar com mil problemas de saúde, mas a questão estética sempre é a que “pega”. Perdoem-me os carecas, mas um cabelo bonito e saudável é ainda um dos melhores cartões de visita, se não o fosse não existiriam tantos produtos capilares no mercado cosmético.
No meu trabalho sempre questionam o que eu indico para a queda de cabelos, são vários os fatores que a desencadeia, pode ser genético, por algum problema hormonal, pode ser deriavada do uso de algum medicamento, pode ser alérgica, pode ser por estresse ou por simples carência de sais minerais e vitaminas oriundos de uma má alimentação o que é bem comum nos dias atuais.
Infelizmente para saber qual dos motivos gerou sua queda você deverá testar as possíveis soluções. Poderia indicar vários produtos, mas cada caso é um caso, então irei citar apenas um produto que recebo muitas dúvidas, o chamado PILL FOOD, traduzindo “Pílulas de comida”, nomezinho feio mas com resultados bem satisfatórios, pois os cabelos ficam mais fortes, resistentes a tinturas e outros processos químicos, diminui a queda dos fios e ainda o terrível frizz, aquele aspecto que parece que acabou de levar um choque!
Você deve estar se perguntando qual o segredo dessa cápsula “milagrosa”?
O Pill Food é um suplemento alimentar composto dos seguintes compostos: colágeno, biotina, vitamina E, cisteina, pantotenato de cálcio, cistina , vitaminas B6 e B2 e Metionina; ou seja, uma formulação a base de proteínas, minerais e vitaminas que entram na formação do cabelo.
Pessoas com doenças capilares são os principais adeptos dessa fórmula, para os casos de calvície o Pill Food pode ser usado como um complemento a um tratamento que esteja sendo feito, mas como trata-se de um suplemento alimentar ele apenas vai estimular o crescimento e o fortalecimento dos seus cabelos. Se por acaso a causa da sua queda de cabelo esteja relacionada a um fator genético, o uso desse produto pode não resolver o seu problema.
O bom é que esse produto tem eficácia comprovada e pode ser usado não só por quem procura benefícios para os cabelos, mas também para o tratamento de unhas fracas que tendem a ficar quebradiças ou lascadas.
Vale também ressaltar que o Pill Food aumenta a imunidade do organismo, trazendo assim benéficos para a pele, deixando-a com aspecto mais jovem e saudável.
Apesar de ser um produto de fácil acesso em farmácias de manipulação, não deixe de questionar o farmacêutico ou dermatologista sobre as possíveis causas de sua queda de cabelo!
Confira a matéria na íntegra: http://www.tatianadumenti.com.br/pill-food/

Ficando careca? Siga as dicas de um cabeludo!

FICANDO CARECA?

Depois da gordura ou em igual proporção, a preocupação com o cabelo é a que mais assusta, sejam eles homens ou mulheres.
Gosto de assistir os comerciais das grandes marcas de cosméticos com suas estrelas, que usam o que há de melhor na indústria cosmética diariamente,além dos cuidados que recebem do seu dermatologista, aliado a muitas cápsulas antioxidantes, fórmulas ortomoleculares gigantescas e que no dia da gravação do comercial realizam um tratamento praticamente fio à fio com os melhores profissionais do ramo para ficarem com aquele cabelo perfeito e que fazem com que você acredite que ela usou aquele xampu e ficou do jeito que está ali na telinha. Sim! Não pense que sua estrela da campanha tem o cabelo “ruim” e muito menos que tenha usado aquele xampu, que você encontra na prateleira do supermercado por R$5,99
Um fato que muito me incomoda é observar aquelas pessoas, que tem o cabelo “não tão dignos”, digamos assim, e que os “atocham” com creme para pentear, hidratante, condicionador, óleos e sei lá mais o quê, ficando o dia inteiro com aquilo na cabeça, pegando sol e chuva na esperança que o cabelo vai ficar incrível! Pior ainda é fazer deste fato um ritual diário! Coitado de quem anda ao lado dessa pessoa todos os dias e tem de suportar o cheiro forte que vem da cabeça da criatura, aquele cheiro de “Kolene”, “Coquetel de Frutas”, etc…
Caso você seja um(a) deste(a)s, fique sabendo que o que você está fazendo pode até hidratar seu fio, mas seu couro cabeludo está clamando por uma chuveirada, pois você está desenvolvendo uma bela seborréia ou então criando uma bela colônia de fungos, pois suor aliado ao creme, que na grande maioria são derivados de sebo animal, transformam-se num verdadeiro banquete para bactérias. Não reclame caso criar um cogumelo na cabeça!
Uma coisa muito importante é saber que xampu foi desenvolvido para limpar e condicionador e creme para hidratar, aplica-se fina camada deste ao longo dos fios e não no couro cabeludo e enxágua-se com muita água, quanto menos resíduo melhor! Apenas isso!
Quanto a escolha, dê sempre preferência a xampus cristalinos, ou seja, não perolados, caso você tenha tendência a oleosidade e/ou caspa, pois quanto mais opaco, mais aditivos químicos foram utilizados para manter aquele aspecto que é lindo visualmente, mas um vilão para o seu couro cabeludo!
Xampus dois, três e até quatro em um, também são formadores de sebo, evite-os, não tenha preguiça de usar dois frascos, um para o xampu e outro para o condicionador, pois você pode dosear a quantidade certa, sem exageros, a sua saúde capilar agradece e nunca, jamais escolha um xampu apenas pelo cheiro! Isto é cruel, se você quer perfume,compre um perfume e o use abaixo da região cabeça ok?
Finalizando as dicas, água muito quente, apesar de ótima no inverno, principalmente para os gaúchos como eu, deve ser evitada! Você usa água quente para desengordurar os pratos sujos de óleo na cozinha não é? O mesmo faz na sua cabeça, ela desengordura totalmente o fio e seu corpo responde com efeito rebote, produzindo o dobro do sebo para repor a sua quantidade de sebo normal. Perceba que no inverno, quase todos estão com cabelo com aspecto bem mais sujo, é o efeito rebote do banho quente! Água na cabeça de morna à fria ok?
Aliás você já se perguntou porque temos tanto cabelo na cabeça? Você sabe qual a função? Não é apenas embelezar a cabeça, a função do cabelo é proteger o cérebro, pois amortece o mesmo de eventuais batidas e pancadas, além de proteger o cérebro do frio e radiação solar. Interessante não?
Por incrível que pareça a ciência é ainda um tanto atrasada nesta área, a de queda, a não muito tempo atrás, século passado, chegou-se a acreditar que a queda de cabelos fosse derivada de gases intestinais, pois é! Acreditava-se que os gases subiam pelo corpo e empurravam os fios da cabeça! Acredite! A couve, o feijão, o ovo e todas as proteínas levavam a culpa! Um absurdo, mas foi uma idéia válida por muito tempo!
Hoje evoluímos um pouquinho mais, disse um pouquinho… quanto aos produtos anti-queda no mercado os dermatologistas adoram recomendar o famoso hormônio minoxidil, que tem a função de estimular a vascularização do couro cabeludo permitindo oxigenação da área, agindo nos folículos vivos, aquele folículo que já “morreu” não se recupera mais. O minoxidil pode ser uma saída, mas você fica praticamente dependente, parou de usar o cabelo volta a cair! Procure se informar com seu dermatologista com os produtos derivados naturais como o Procapil, Serenoa repens, Auxina tricógena, Zymo HSOR, que tem excelentes resultados.
Enfim, particularmente tenho pavor de ficar careca, não custa nada tomar certos cuidados, o famoso ditado: “É dos carecas que elas gostam mais” pode até estar na moda por causa da princesa Kate Middleton, mas será que a maioria pensa assim?