[L’OFFICIEL] Como criar uma rotina de cuidados para um bom envelhecimento.

Cada vez mais os homens estão se cuidando e pensando no seu bem-estar futuro.  O envelhecimento é algo normal, mas envelhecer com qualidade e vitalidade é essencial para uma vida saudável e sem complicações. Com o  passar dos anos, todos sofremos um processo natural de envelhecimento da pele com o estresse diário, poluição, sol intenso e falta de cuidados. As células não ficam de fora de todo esse desgaste do relógio biológico que não para, gerando diversas modificações no corpo, bem como o declínio progressivo e lento de sua função hormonal, principalmente após os 40 anos. (…)

(mais…)

[MARIE CLARIE] 4 dicas para amenizar os impactos do tempo seco na saúde e no bem-estar

O tempo seco é bastante comum durante o inverno, já que este clima é caracterizado pela diminuição das chuvas. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o nível ideal de umidade relativa do ar varia entre 40% e 70%, porém essa marca tem ficado bem abaixo do ideal em diversos estados brasileiros. Especialistas indicam que quando a umidade fica inferior a 30%, os efeitos da poluição são mais graves, já que a dispersão de poluentes é comprometida.

Diversos problemas de saúde também podem ser agravados por conta da falta de chuvas, porque a hidratação do organismo fica comprometida. Na pele, dermatites, irritações e ressecamentos podem ficar mais frequentes. As mucosas internas do corpo também são afetadas, especialmente as das vias respiratórias, o que facilita o surgimento de doenças nasais.

Para evitar alergias e outros desconfortos, como sangramento nasal, Jamar Tejada, farmacêutico naturopata, preparou uma lista com dicas naturais que ajudam e preparam o corpo para o tempo seco. Veja abaixo:

Hidrate-se

A ingestão de líquidos é fundamental para manter o corpo saudável, principalmente durante o inverno e em dias em que a umidade do ar encontra-se em baixa. “Para aumentar o consumo de água – que é essencial para manter o nível de hidratação corporal adequado nesses dias – os chás podem ser uma boa solução para variar nos sabores e consumir ainda mais líquidos”, explica. A alimentação também é uma aliada para combater o ressecamento da pele. Para isso, invista em alimentos ricos em vitaminas e antioxidantes, como frutas cítricas e castanhas.

Tenha plantas por perto

“As plantas fazem o papel de umidificador caseiro já que liberam vapor no ar. Alguns exemplos são a aloe vera, palmeira de jardim e ficus e diversas outras espécies de philodendron e dracena que através das folhas, flores e caules deixam o ambiente mais úmido”, informa Jamar. Aliado a isso, você pode adotar o costume de lavar as vias nasais diariamente para descongestionar o nariz e respirar melhor.

Umidificador caseiro

Os umidificadores de ar são uma boa opção para recuperar a umidade do ambiente e deixá-la dentro dos padrões recomendados, facilitando a respiração. Se você não tem um aparelho específico para isso, é possível fazer um com utensílios domésticos. “Para fazer um umidificador caseiro basta ferver duas xícaras de água em uma panela e colocar no ambiente ainda quente. Repetir a ação sempre que a água esfriar”, recomenda.

Tratamentos naturais

“A homeopatia ajuda a manter suas mucosas nasais saudáveis.  A hydrastis ajuda a restabelecer o equilíbrio no trato respiratório. Ainda dentro da homeopatia podem ser utilizados os próprios tecidos da mucosa nasal, pulmão, laringe e faringe, chamados nosódios que quando indicados restabelecem a energia e integridade vital desses órgãos”, finaliza.

[BONS FLUÍDOS] Efeito sanfona: o bumerangue do peso para quem não aprendeu a se alimentar da forma correta

Emagrecer pode ser uma tarefa fácil, mas manter-se magro… nem tanto! Muitos sofrem com episódios repetidos de perda e ganho, perda e ganho, perda e ganho. O chamado “efeito sanfona” ou “efeito ioiô” que acontece muito após a realização de dietas muito restritivas ou utilização de medicamentos redutores do apetite.

Quando o indivíduo aumenta a ingestão de calorias de forma rápida e intensa, acaba recuperando todo o peso perdido e, na maioria das vezes, ainda ganha alguns quilos a mais. Mas como e porque este efeito ocorre? (….)

(mais…)

[BONS FLUÍDOS] Depressão e ansiedade: as 5 plantas medicinais utilizadas no tratamento desses distúrbios

Raridade hoje em dia quem diz não sofrer por ansiedade ou então depressão. Justificativas não faltam em uma época tão triste e tão incerta de pandemia que parece não ter fim. Muitas vezes perdidos, frustrados, com medo e muito mal orientados acabamos caindo nas garras dos medicamentos controlados, o que pode se tornar um caminho sem volta.

Clonazepan é o nome químico do medicamento que ajudou a sua classe química, os benzodiazepínicos a ficar em primeiro lugar em vendas nos controlados. Depois vieram o bromazepam e o alprazolam. Esse tipo de medicamento é utilizado para combater a ansiedade e para provocar o sono, por isso são chamados também de ansiolíticos, hipnóticos, tranquilizantes — no fundo são todos a mesma coisa. (…)

(mais…)

[SPORTLIFE] Probióticos, as bactérias que são aliadas da nossa saúde

Os probióticos são microorganismos que ajudam na digestão, absorção de nutrientes, desintoxicação, formação de hormônios e vitaminas, entre tantas outras funções, fortalecendo nosso sistema imunológico. Essas bactérias são dos mais variados tipos e atuam também contra microorganismos causadores das mais diferentes doenças. (…)

(mais…)

[BONS FLUÍDOS] Cogumelos: conheça os benefícios anticâncer destes fungos com superpoderes

Cogumelo não é vegetal! Cogumelo é o nome comum dado às frutificações de alguns fungos dos filos Basidiomycota e Ascomycota, pertencentes ao Reino Fungi. Eles são seres vivos que contêm uma ampla variedade de formas, cores e tamanhos. Quem nunca se fascinou por eles? Cogumelos envolvem medo, mistério, magia, loucura e até preconceito!

No livro de Lewis CarrolAlice no País das Maravilhas, Alice conversa com uma lagarta que está em cima de um chapéu de um cogumelo avermelhado com pequenas marcas brancas fumando um narguilé, um cogumelo do tipo Amanita muscaria. A personagem principal fala sobre sua crise de identidade relacionada as mudanças de seu tamanho. A lagarta explica a Alice que comer um dos lados do cogumelo a fará crescer e a do outro lado a fará diminuir! É claro que Alice experimenta os dois lados do cogumelo! (…)

(mais…)